Caapsml entra com pedido de improbidade administrativa contra Belinati

No documento enviado ao Tribunal de Contas do Paraná, a Caapsml denunciou Marcelo Belinati por suposta falta de repasses municipais

A Caapsml (Caixa de Assistência, Aposentadoria e Pensões dos Servidores do Município de Londrina), com base na Lei de Responsabilidade Fiscal, entrou com pedido de abertura de processo de improbidade administrativa contra o prefeito Marcelo Belinati (PP) no Tribunal de Contas do Paraná.

A entidade revelou que houve descumprimento do acordo firmado no período de transição de governo pela atual gestão. No documento enviado ao Tribunal de Contas do Paraná, a Caapsml denunciou Marcelo Belinati por suposta falta de repasses municipais. Em nota, o prefeito Marcelo Belinati disse os pagamentos estão sendo realizados.

"Todos os pagamentos e repasses de responsabilidade da atual gestão foram e estão sendo feitos rigorosamente em dia desde o início do mandato. O que existe sim um déficit atuarial - uma dívida - acumulado ao longo de muitos anos, que estamos resolvendo em meio a tantos outros problemas históricos da cidade que esperaram anos por solução", diz a nota.

Cerca de quatro mil servidores municipais, entre aposentados e pensionistas, recebem o pagamento da Caapsml.

LEIA MAIS: